Oficial: AMD anunciará novos processadores Ryzen 7000 em 29 de agosto 

Oficial: AMD anunciará novos processadores Ryzen 7000 em 29 de agosto 

agosto 17, 2022 0 Por Dehat

Lançamento previsto para o final do mês setembro

Estamos nos aproximando do lançamento da próxima geração de processadores AMD Ryzen 7000. Hoje, a empresa liderada por Lisa Su anunciou que ela lançará seu produto de “próxima geração” em 29 de agosto às 20h. “Together we advance_PC” é o nome do evento que será transmitido nos canais da AMD.

O evento incluirá o conhecimento em primeira mão da próxima geração de processadores Ryzen baseados na microarquitetura Zen 4, bem como a plataforma AM5 e suporte para memória DDR5 pela primeira vez, uma tecnologia usada apenas pelos processadores Intel Alder Lake no cenário principal até agora.

“Hoje, a AMD anuncia “together we advance_PCs”, uma livestream que irá revelar a próxima geração de produtos AMD. A CEO Lisa Su, CTO Mark Papermaster, e outros executivos da AMD apresentarão detalhes da mais nova arquitetura Zen 4 que equipa os próximos processadores AMD Ryzen e a nova plataforma AM5 criada com as novas tecnologias DDR5 e PCIe5, todos criados para levar os PCs desktop a uma nova era de performance”. – AMD

Embora a AMD não anuncie oficialmente as especificações e SKUs da série Ryzen 7000, os rumores nos dizem o que acontecerá. Os SKUs que foram confirmados pela própria AMD são: Ryzen 9 7950X, Ryzen 9 7900X, Ryzen 7 7700X e Ryzen 5 7600X. Especificações

Especificações AMD Ryzen 7000*

Ryzen 9 7950X – 16 cores and 32 threads / 4.5GHz base and 5.7GHz boost / 170W / 80MB cache
Ryzen 9 7900X – 12 cores and 24 threads / 4.7GHz base and 5.6GHz boost / 170W / 76MB cache
Ryzen 7 7700X – 8 cores 16 threads/4.5GHz base and 5.4GHz boost/105W/40MB cache
Ryzen 5 7600X – 6 cores 12 threads/4.7GHz base and 5.3GHz boost/105W/38MB cache

No geral, a AMD promete que o processador baseado no Zen

vai aumentar o desempenho em até 15% em aplicativos single-thread, aumentar o desempenho em 25% por watt, melhorar em 8% no IPC ( instruções por clock) e aumentar o desempenho geral em mais de 35%. Tudo isso em comparação com a arquitetura Zen 3.

Para continuar clique aqui.
.