LOL: Custo de RP aumentará a partir de setembro; veja novo valor;

LOL: Custo de RP aumentará a partir de setembro; veja novo valor;

julho 6, 2022 0 Por Dehat

Riot Games confirma aumento médio de 8,6% em moedas RP e TFT no Brasil;

 

 

Os preços dos RPs de League of Legends vão subir. A Riot Games anunciou a mudança de valor nesta terça-feira (5), que também valerá para o TFT Coin. As mudanças serão implementadas em todas as regiões onde o desenvolvedor opera a partir de 12 de setembro. No Brasil, a variação média do preço foi de 8,6%.

Os desenvolvedores também destacaram dois pontos: estão corrigindo o fato de algumas regiões não oferecerem uma compra única para obter a skin, e também ajustaram o valor para o padrão “R$ X,99”. Confira o aumento de RP:

Preço do RP no Brasil vai subir: veja novos valores

A Riot Games publicou uma tabela com os novos preços de RP em um comunicado de imprensa oficial. Ele mostra quanta moeda o MOBA exige atualmente para uma determinada quantidade de RP e como será a partir de setembro.

Na prática, se antes custava 32,00 reais para obter uma skin épica por 1.350 RP, como a maioria das Guardiãs Estelares, conforme o RP aumenta, o custo será de 34,90 reais.

 

Razões para o aumento do custo de RP em League of Legends

A desenvolvedora disse que levou em consideração “a inflação global, a volatilidade das taxas de juros, a manutenção de preços justos em (e entre as regiões), a consistência do produto e outros aumentos de custos associados”. As regiões da Tencent consideram esses fatores de maneiras diferentes.

Recompensa de RP antes da promoção

A Riot oferecerá “RP Rewards” e “TFT Coin Rewards” em dobro para todas as conversões até que a mudança entre em vigor em 12 de setembro. Este bônus estará disponível de 14 a 31 de julho.

 

Em 2021, todos os jogos da Riot Games, como Valorant, Runeterra e Wild Rift, tiveram um crescimento da moeda. No entanto, existem maneiras oficiais e seguras de ganhar RP de graça e conceder aos jogadores uma certa quantidade de RP quando eles faturarem.

Para continuar clique aqui.